Sobre Nós

A Pousada Naipi foi construida com muito amor e carinho, foi um desejo de negocio que surgiu entre dois irmaos.

Começamos apenas com uma casa, e depois aumentamos a nossa estrutura para 14 quartos, abrimos a pousada em 2011, e desde então crescemos na área.

Todo ano, passam em nossa pousada pessoas de diversos lugares, com muito trabalho e amor mantemos e cuidamos da pousada. Estamos a 5 anos nesse ramo, e estamos felizes com nossos resultado e conquista. Crescemos aos poucos, fizemos amigos, temos clientes que vem passear e nos visitar todos os anos, vamos melhorando sempre que podemos, e com as criticas dos nossos clientes melhoramos muito nosso atendimento e serviços, sempre temos a aprender, desde sempre trabalhamos num ambiente familiar, e temos muita força para continuar a crescer, aumentar nosso fluxo, e manter essa pousada bonita para que nossos clientes possam desfrutar do ambiente e se sentir em casa.

O nome Pousada Naipi, foi escolhido devido a uma grande historia antiga, que os indios contavam, no caso seria a lenda das cataratas....

Conta-se que os índios Caigangues, habitantes das margens do Rio Iguaçu, acreditavam que o mundo era governado por M'Boy, um deus que tinha a forma de serpente e era filho de Tupã. Igobi, o cacique dessa tribo, tinha uma filha chamada Naipi, tão bonita que as águas do rio paravam quando a jovem nelas se mirava.
 
Devido à sua beleza, Naipi era consagrada ao deus M'Boy, passando a viver somente para o seu culto. Havia, porém, entre os Caigangues, um jovem guerreiro chamado Tarobá que, ao ver Naipi, por ela se apaixonou.
 
No dia da festa de consagração da bela índia, enquanto o cacique e o pajé bebiam cauim (bebida feita de milho fermentado) e os guerreiros dançavam, Tarobá aproveitou e fugiu com a linda Naipi numa canoa rio abaixo, arrastada pela correnteza.
 
Quando M'Boy percebeu a fuga de Naipi e Tarobá, ficou furioso. Penetrou então as entranhas da terra e, retorcendo o seu corpo, produziu uma enorme fenda, onde se formou a gigantesca catarata.
 
Envolvidos pelas águas, a canoa e os fugitivos caíram de grande altura, desaparecendo para sempre. Diz a lenda que Naipi foi transformada em uma das rochas centrais das cataratas, perpetuamente fustigada pelas águas revoltas.
 
Tarobá foi convertido em uma palmeira situada à beira de um abismo, inclinada sobre a garganta do rio. Debaixo dessa palmeira acha-se a entrada de uma gruta sob a Garganta do Diabo onde o monstro vingativo vigia eternamente as duas vítimas. 
 

 

thiago

rua astorga 114 bairro remanso grande
foz do iguacu
85853760
4535741028 pousadanaipi@hotmail.com
Desenvolvido por Webnode